sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Descoberta faz mídia admitir: “A Bíblia pode ser tomada como fonte de documentação histórica”

[Daniel Lüdtke]

O Estadão Online e a portal Terra noticiaram hoje a descoberta de um selo de 2,5 mil anos, encontrado em Jerusalém, onde se lê em hebraico antigo o nome da família Tema, que estava entre os primeiros exilados a retornar a Judéia depois do cativeiro babilônico – segundo o livro de Neemias.

Curiosamente, as matérias não transpareceram sarcasmo em relação à Bíblia, como é comum, e ainda apontaram que o achado “poderia confirmar a teoria que indica que a Bíblia pode ser tomada como fonte de documentação histórica”.

A afirmação de Eilat Mazar, arqueóloga que dirige a escavação, é bastante precisa: "É um nexo entre as provas arqueológicas e o relato bíblico, ao evidenciar a existência de uma família mencionada na Bíblia".

De maneira geral, os dois veículos de comunicação trataram a notícia com imparcialidade. Só a seção de notícia de Terra, todavia, chamou Davi – importante rei israelita – de “mítico”. Acontece que sua existência já foi indicada pela descoberta da Estela de Tel Dã (ver abaixo), e não trata-se mais de uma lenda, como supunham os críticos da Bíblia.

É interessante que as matéria fizeram certo alarde com a descoberta desse selo e o apresentaram quase como uma prova da veracidade da Bíblia, enquanato tantos outros achados arqueológicos já foram divulgados, mas sem muita badalação. Seguem abaixo algumas dessas descobertas.



Estela de MerneptahColuna comemorativa, datada de cerca de 1207 a.C., que descreve as conquistas militares do faraó Merneptah. Israel é mencionado como um dos inimigos do Egito no período bíblico dos juízes, provando que Israel já existia como nação neste tempo, o que até então era negado pela maioria dos estudiosos. É a menção mais antiga do nome "Israel" fora da Bíblia.


Tijolo babilônico que traz nome de NabucodonosorO achado arqueológico traz a seguinte inscrição em cuneiforme: "(eu sou) Nabucodonosor, Rei de Babilônia. Provedor (do templo) de Ezagil e Ezida; filho primogênito de Nabopolassar”. Vale notar que por muito tempo se afirmou que a cidade da Babilônia era um mito – e muito mais lendário ainda seria o rei Nabucodonosor.


Tabletes de Ebla – Cerca de 14 mil tábuas de argila foram encontradas no norte da Síria, em 1974. Datadas de 2.300 a 2.000 a.C., elas remontam à época dos patriarcas. Os tabletes descrevem a cultura, nomes de cidades e pessoas (como Adão, Eva, Miguel, Israel, Noé) e o modo de vida similar ao dos patriarcas descrito principalmente entre os capítulos 12 e 50 do livro de Gênesis, indicando sua historicidade.


Papiro de Ipwer – Oração sacerdotal escrito por um egípcio chamado Ipwer, onde questiona o deus Horus sobre as desgraças que ocorrem no Egito. As pragas mencionadas são: O rio Nilo se torna sangue; escuridão cobrindo a terra; animais morrendo no pasto; entre outras, que parecem fazer referência às pragas relatadas no livro de Êxodo.


Estela de Tel Dã – Placa comemorativa sobre conquista militar da Síria sobre a região de Dã. A inscrição traz de modo bem legível a expressão "casa de Davi", que pode ser uma referência ao templo ou à família real. O mais importante, todavia, é que menciona, pela primeira vez fora da Bíblia, o nome de Davi, indicando que este foi um personagem real.


Textos de Balaão – Fragmentos de escrita aramaica encontrados em Tell Deir Allá, que relatam um episódio da vida de "Balaão filho de Beor" e descrevem uma de suas visões – indícios de que Balaão existiu e viveu em Canaã, como afirma a Bíblia no livro de Números 22 a 24.


Obelisco negro e prisma de Taylor – Estes artefatos mostram duas derrotas militares de Israel. O primeiro traz o desenho do rei Jeú prostrado diante de Salmaneser III oferecendo tributo a ele. O segundo descreve o cerco de Senaqueribe a Jerusalém, citando textualmente o confinamento do rei Ezequias.


Inscrição de Siloé – Encontrada acidentalmente por algumas crianças que nadavam no tanque de Siloé. Essa antiga inscrição hebraica marca a comemoração do término do túnel construído pelo rei Ezequias, conforme o relato de 2 Crônicas 32:2-4.


Selo de Baruque descoberto em 1975, provando a existência do secretário e confidente do profeta Jeremias.


Palácio de Sargão II – Descoberto em 1843, o palácio de Sargão II, rei da Assíria, pôs fim a negação de sua existência, conforme mencionado em Isaías 20:1.

33 comentários:

Rodrigo Follis disse...

Estou gostando mto do Blog.. Parabens, oh Poooorca querida.. rs


rodrigo follis

Ivana Caroline - CAM disse...

Oi professor Daniel!!
Meu comentário será sobre a Inscrição de Siloé, pois achei muito interessante o fato de ter sido encontrada por crianças que brincavam por perto, posso afirmar, como opinião, que não se deve restar dúvidas em relação a bíblia e toda palavra nela contida; Existe um Deus que quer que tenhamos certeza de sua existência, da vinda de seu Filho, e de Seu retorno... Nossa fé não é ao acaso, têm base e é comprovada sempre, até por crianças brincando perto de um poço.
Ivana Caroline 3ano B

Felipe Leandro -- Cam 3º Integral disse...

Eh incrível essas descobertas... sem sombra de duvida a biblia pode sim ser tomada como fonte de documentaçao historias.. e a arqueologia prova isso.. esperos que os críticos da bíblia pense 2 vezes antes de falar, porque qualquer argumento que eles derem pode ser descoberto...
Parabens Professor muito bom o seu blog.. aki esta meu preve comentario(Quero 10 hein xD).

Anônimo disse...

Professor!
Teu blog é mô bom, tô espalhando ele pra todo mundo que eu conheço e o pessoal da minha igreja tá curtindo pacas as coisas que eu conto sobre as suas aulas!
Mas enfim... vamos ao que interessa. A parte mais interessante que eu achei sobre todas essas evidências de que a Bíblia é (pelo menos pra mim) um documento histórico, foi o Papiro de Ipwer que relata sobre as pragas do Egito, mostrando que a história de Moíses foi realmente verdadeira!
Mas o que eu achei realmente mais interessante é como Deus age em tudo isso comprovando Sua existência de todas as formas, se tornando impossível não acreditar que Ele é realmente verdadeiro, e não uma "criação da mente humana" como muitos dizem.


Virginia da Silva Santos. 3º B

Maiara Jôse- 3ª° integral disse...

prof°, parabéns pelo blog...é show de bolaa!
A nossa fé é o achado mais antigo que existe, se não existissem esses achados históricos as pessoas, poucas pessoas, ainda acreditariam. Eu acho que mesmo não precisando de papiros, selos, manuscritos, as pessoas da antiguidade acreditavam em Deus, e sabiam que Ele existia e operava(e ainda opera) milagres por entre seu povo.
Como alguns ainda duvidam da divindade e real existência de Deus? Nós temos provas concretas, pois é bem mais fácil acreditar que alguém criou o mundo do que ninguém. Como uma coisa tão perfeita como um bêbe no útero da mãe pôde surgir do nada!!!
A ciência ainda precisa se aprofundar ainda mais na bíblia antes de dizer que ela não ensina nada!

prof°, mil beijos e espero meu 10!!

Carlosh disse...

Papiro Ipwer
Achei o mais interessando junto com os tabletes acima que mencionam sobre o nome de personagens biblicos...
e o papiro que demonstra a oração para ter fim os problemas(pragas) enfretadas pelo povo naquela epoca...
se relatam a historia atraves de encontros arqueologicos, porque nao a biblia atraves desses documentos?

Carlos Henrique 3° "A"

Gabriela nicacio 3º Integral disse...

Aee prof :))

Sendo sincera mesmoo,eu não sou muito de me interessar por assuntos de cunho religiosos não, mas dando uma lidinha nos conteudos do blog,desperta uma curiosidade legal de discutir sobre o assunto com quem realmente entende da coisa.

Em relação ao post, essas novas descobertas apenas confirmam o que muitos tentam esconder durante os seculos, a vericidade nos ensinamentos e escritos da biblia. A ciência, quer queira ou não, está vinculada diretamente a temas religiosos, e é inegavél que, os escritos da biblia estão sendo cada vez mais comprovados por descobertas arqueologicas entre outros achados. Cabe ao ser humano, ter apenas a capacidade de aceitar a grandiosidade da palavra de deus, e tudo isso que esta ocorrendo é mais uma, de muitas das provas que ele nos dá diariamente, de sua existencia.

keyllane disse...

prof. achei mais interessante
o q fala sobre nabucodonosor
pois relata q realmente ele existiu...gostei muito das materias do seu blog..achei muito interessante...



keyllane carneiro de frança 3ºA

isabelle disse...

prof.gostei muito do seu blog
esta muito interessante...
o q achei mais legal foi a de siloé pois realmente da pra se notar q esses relatos existiram..
e q podemos acreditar no q a biblia diz..



isabelle celine 3ºA

Wesley Araujo - CAM_3º Ano Integral disse...

Olá, Prof. Daniel!
Seu blog é, realmente, muito bom. Com discussões sobre a mídia e suas influências indiretas( e diretas) sobre nós. Parabéns pelos questionamentos e abordagens pertinentes.
Mas vamos ao que realmente interessa nesse momento. Diversos relatos são feitos e, felizmente, a Bíblia, mesmo com diversos ataques da mídia, continua surpreendendo pelo extenso conteúdo que revela. Quanto mais estudamos sobre o materialismo, o fundamentalismo e a intransigência de diversos autores, vemos o quanto a Bíblia está correta. Ela independe de comprovações, mas se faz necessário para nós, cristão, que estudemos "tudo" relacionado à Bíblia. E o que mais me chamou a atenção na sua matéria, dentre muitas outras coisas, foi o Papiro de Ibwer. Por muito tempo, as dez pragas egípcias era tida com descrédito pelos historiadores e cientistas. Mas, como para a ciência, o empirismo é mais importante, foi necessário encontrar provas (como o Papiro, tabletes etc.) para que a Bíblia, mais uma vez, fosse confirmada, ao contrário do que a mídia prega. E o mais interessante, é que na maioria das buscas por provas, o objetivo é o de contradizer a Bíblia. Mas não é, efetivamente, o que vem acontecendo.
Parabéns pelo blog... Até a próxima aula.
Obrigado!

Amanda Beiriz-3ºAno INTEGRAL disse...

Dentre tudo o que foi dito nessa matéria,o que eu achei mais interessante foi sobre a estrela de Tel Dã,que mensiona a espressão ´´casa de DaVI´´.Davi foi e é um do homens mais falados e importantes da Bíblia.Davi é considerado um homem segundo o coração de Deus. Sendo assim comprovado a veracidade sobre a vida de Davi e a casa de Davi, agora não mais um personagem lendário,mas sim real.Isso comprova que a Bíblia deve ser considerado um documento histórico,e também comprova mais uma vez a sua veracidade.
Parabéns pelo blog, estou achando muito enteressante saber qual é posição da mídia em relação à Bíblia ou qualquer asunto que esteja em um conexto religioso,é bom saber que a Bíblia prevalece inabalável sempre.
Bjus!!!
Amanda Beiriz-3ºAno INTEGRAL

alex disse...

iaew prof...
achei massa o site,muito legal ;D
mais o que achei interessante foi o papiro de ipwer,que fala sobre as pragas do Egito...provando que as historias de Móises realmente aconteceram.
abraço ai Daniel.vlw!!!


Alex Ranniery 3ª "A"

fernando .. disse...

Achei o mais interresante nessas descobertas .. foi a Inscrição de Siloé, porque foi encontrada por crianças que brincavam por perto,entao soh cabe agente aceitar de
capacidade de aceitar a palavra de deus, e tudo isso que esta ocorrendo é mais uma, de suas provas que ele nos dá diariamente, de sua existencia. entao devemos acreditar nele :D Akii esta meu comentarios ... abraçao prof ! fernando 3a integral

rodrigo sibaldo disse...

o melhor que eu achei foi a descoberta da Inscrição de Siloé, porque foi um fato de ser encontrado por crianças,que estavam brincando .. e isso mostra que deus existe , as pessoas tem q começar a acreditar .. Na biblia toda palavra que a nela eh continda .. abraçao prof !
rodrido 3a integral

Rebeca 3° ano "B"-CAM disse...

Olá Prof. Daniel !
Achei bastante interessante o Papiro de Ipwer ;uma oração na qual comprova as 10 pragas do Egito,onde é mensionada na Biblia em Exôdo.
Isso é uma prova muito grande de que oq esta na Biblia é verdadeiro, que Deus realmente existe e que nada aconteceu ao acaso.
Em minha opinião,aquele que é cristão e tem fé,independentemente de comprovações acredita no que esta na Biblia pois tem Deus no coração e confia Nele!
Mas ainda existem aqueles que não acreditam na Bliblia, para esses servem essas grandes comprovaçoes de q a Palavra de Deus é sem duvida completamente verdadeira.

"A Bíblia não é um livro qualquer, mas sim uma Criatura Viva, com um poder que conquista tudo que se opõe a ela."
( Napoleão Bonaparte )


'Beijos Prof.

Anônimo disse...

Professor, depois de tanto tempo e tantos puxões de orelhas seus.. estou aqui para fazer o meu comentário. Primeiramente quero dizer que todas essas descobertas são simplesmente impressionantes, e somente uma pessoa sem total conhecimento da bíblia, sem total companheirismo para com Deus, iria duvidar dessas provas, fatos. Mais depois de especular todos esses textos interessantes, um me chamou bastante atenção.. o egípcio ipwer, pelo qual escreveu em um papel tudo oque estava lhe ocorrendo naquela época, sobre as pragas do egitos, provando para os descrentes, que a história de moisés foi sim, sem sombra de dúvidas verdadeira! e mais uma evidência para termos a certeza de que existe um Deus extremamente maravilhoso e que nunca falha. tomara que esses descrentes caiam na real, e percebam que a única falha nisso tudo são eles.

só isso mesmoooo professor, abraçãão! e seu blog tá ótimo, pode me dar 10 agora! :D:D hehehehehehe... fui professor!

Kelma Souza Mota 3º ano integral!

Anônimo disse...

O Tijolo babilônico que fala sobre Nabucodonosor foi o que mais me chamou atenção.
Afirmando a existência de Nabucodonosor, fazendo com que assim os cientistas e ceticos que não acreditavam na Biblia levem-na como uma fonte histórica.

Muito bom o Blog professor.


José de Castro, 3º integral ;D
boa noite

Anônimo disse...

Oi Professor Querido....
A cada dia que passa fico mais impresionado com suas aulas...mesmo sem assistilas....
Kelma me fala muito de como está impressionada com as maravilhas que tem descoberto...
Tenho plena certeza que Deus tem lhe usado muito....
Um dia kelma me falou que o mais impressionante em estudar tudo isso...é ver que o mesmo Deus que fez prodígios nos tempos antigos, está em nosso meio e quer ter somente o nosso coração.

clarinhareis disse...

Oi profº.,
bem legais essas descobertas.
É muito bom saber dessas comprovações, assim renova cada vez mais a minha fé.
A que eu mais gostei foi os Tabletes de Ebla, onde há comprovações da existencia de Adão, Eva, Noé...
Eu não consigo imaginar como é que as pessoas não acreditam na Bíblia e nem em Deus, se Ele é tão presente!
È isoo aí...
Abraços
Ana Clara 3ºB

Julio Cesar - 3º Ano B disse...

Achei todos muito interessantes, porem oque mais me chamou atenção foi o Tijolo babilônico que traz nome de Nabucodonosor, por muito tempo pouca gente ou quase nem uma acreditava na existencia da babilônia, mas recentemente descobriram a cidade inteira debaixo de uma montanha, esse tijolo é apenas mais um das muitas provas da veracidade bíblica que existem pelo mundo, so o fato de ter sida escrita por várias pessoas de várias épocas e ainda sim ter sentido e lógica, ja a torna forte o suficiente pra todos acreditarem nela,esse tijolo de Nabucodonosor é apenas mais uma evidencia que comprova a veracidade bíblica e também que a bíblia pode sim ser tomada como documentação histórica.

Mércia disse...

Olá professor!Muito interessante seu Blog.Na realidade gostei de muitas descobertas que vc relatou,porém a que me chamou mais atenção foram os Tabletes ebla,onde foram encontrados os nomes de pessoas muito importantes na bíblia como Adão,Noé,Eva entre outros.Isso mostra que cada dia a bíblia está sendo mais provada.Parabéns!


Mércia Regina 3º"B"

Morgana / Cam. disse...

Oiie Professor!
Bom, eu gostei de varios aqui ate comentei alguns com a minha mãe ela ate gostou tambem.Perguntou varias coisas que ALIAIS eu soube responder pra ela por causa das suas aulas.
Na verdade eu nem ligava muito pra isso,acreditava em Deus e pronto! mas é interessante saber o por que das coisas,como elas apareceram, as razões dela.
Porém o que eu achei mais interessante foi o Papiro de Ipwer, pois ele está provando simplismente o que Moisés afirmava naquela época sobre as pragas do Egito.E eu sei que acada dia que se passa Deus vem provando cada vez mais o que contém na Biblia.



Morgana Silva Calheiros. 3ºB

Jéssica Matias terceirão disse...

Fala Prof°...
Adorei o teu blog e como, mesmo tendo várias evidências de que a Bíblia é verdadeira, como por exemplo, o tijolo que contêm o nome de Nabucodonosor, os Tabletes de Elba contendo os nomes de Adão Eva, entre outros,e ainda têm gente que acha que ela é puro "mito". Embora não seja necessário ter comprovações científicas e/ou arqueológicas da veracidade bíblica, pois a nossa crença, e o que é mais importante
, o nosso amor por Deus, tem que vir do coração e não de um monte de "pedrinhas" achadas por pessoas que não têm fé o suficiente e que precisam dessas comprovações para poder acreditar na veracidade da Bíblia.
Jéssica Matias Ataide 3° Integral

may 3º ano B disse...

Sim a biblia é a grande prova da documetaçao historica !
A criação dO mundo ja nos prova isso,tudo tao perfeito,tão bonito!

Lorena Natália 3º B disse...

A bíblia vem enfrentando vários ataques no que se relaciona a mídia,esta por sua vez tenta a todo custo provar a incredulidade da palavra de Deus,mas a bíblia se mostra firme provando sua veracidade ante a sociedade por meio de fatos e documentação histórica que provam sua veradicidade

Fernanda disse...

Minhas saudações, Prof. Daniel (e a você, que está lendo meu comentário)! Gostei muito do seu blog. Tanto pelo objetivo dele, quanto pelas discussões aqui levantadas. Concordo com você. A mídia manipula o pensamento das pessoas na Idade Contemporânea, assim como a igreja manipulava na Idade Média.

A mídia, hoje em dia, está quase sempre tentando derrubar as coisas que a Bíblia afirma. Questionando suas doutrinas e o relato de seus acontecimentos históricos. Induzindo-nos a desacreditar na veracidade de suas palavras e a nos sentirmos bobos em segui-las. Fazendo assim, com que as pessoas se afastem de Deus.

A igreja na Idade Média, embora pregasse os ensinamentos bíblicos, agia de forma contraditória aos princípios dos mesmos. Manipulava o conhecimento das pessoas, distorcia algumas doutrinas, fazia coisas que iam de encontro ao que diz a Bíblia... O que também afastava as pessoas de Deus. Ora, quem iria querer confiar em um deus que permite que pessoas sejam queimadas vivas, por representarem um risco à fé que os outros têm por ele?

Em minha opinião, quando isso acontece, Deus nos dá mais provas ainda de Sua existência. Permitindo, como se pode ver em suas matérias, que o homem descubra mais e mais evidências que comprovam que o que a Bíblia diz é verdadeiro. Como é o caso do selo de Jerusalém, os tijolos babilônicos, o papiro de Ipwer etc.

Isso tudo já tinha sido previsto antes. Deus já havia dito que o anticristo iria se espalhar, e que o cristianismo seria levado para os quatro cantos do mundo. Que bom então, que você está colaborando com Deus. Mostrando-nos essas provas e, assim, nos ajudando a firmar a fé que temos por Ele.

Fernanda Christina 3º “B”

Daniela disse...

Prof. parabéns pelo seu bog. Gostei bastante de tudo o que li aqui. Realmente é muito importante ver a forma que Deus age. Permitindo essas descobertas para firmar a sua existência. As que eu mais gostei, foi a do papiro de Ipwer e dos Tabletes de Elba. Nenhum outro deus tem tantas evidências como estas, o que comprava ainda mais, que Ele é o Senhor e que não existe nenhum outro deus além Dele.
Daniela P. Santos 3ºB

lu disse...

Ola prof Daniel! simplesmente maravilhoso o seu blog.realmente de tudo o que eu pesquiso na internet este é o mais inquestionavel.este blog tem me ajudado a evangelisar amigos ateus .Obrigada. Dou Glorias ao Pai pela Sua graca misericordia e infinito amor.Obrigada AbbaPai.Te amo!!!!

BRUNO LACERDA disse...

Sr. fiquei muito feliz em ver seu blogg, achei poracaso, mas tudo que vc trata tive oportunidade de ouvir na terceira aula de Panorama de Doutina, que curso atualmente com Pr. Andrews no Seminári Batista do Crato, Ceará; parabéns e obrigado...

guilherme disse...

muito muito muitobom =DDDD

parabéns pelo otimo bblog !!!!!!!!!

eduardo medeiros disse...

Seria bom você colocar o link da notícia. A notícia que li no Estadão falava sobre um selo de 1500 anos e nada dizia sobre ter nome de ninguém. No portal Terra não encontrei a notícia.

Parabéns pelo trabalho.

Eduardo

www.cristologiaehistoria.blogspot.com

Massali Kraus Franco disse...

Olá pessoal, e também para o professor, parabéns por se importar com as verdades contidas nas Escrituras Sagradas.O meu real interesse é sobre o Nome Divino verdadeiro contido nas escrituras, Que sem dúvida fala que Deus tem um nome distinto diferente do nome de seu filho Jesus. Estudo a bíblia e sempre confiei nisso. Que Jeová vos abençoe.

Unknown disse...

Yeshua é o Mashiad YHWH é o Criador! Nao existe o J em Hebraico