quinta-feira, 26 de junho de 2008

Big Bang vai se aposentar?

[Daniel Lüdtke]

Certeza. Dúvida. Garantia. Probabilidade. Muitas verdades categóricas apresentadas pela mídia mostram-se, quando analisadas a fundo, como pressupostos ainda não confirmados ou, na pior das hipóteses, presunçosas arrogâncias.

A revista Veja desta semana (25 de junho de 2008) esbanjou convicções típicas da crença “ciência explica tudo”. A reportagem especial sobre o Big Bang trazia na capa a certeza: “O Nascimento do Universo: A ciência está perto de descobrir a origem de tudo”. Obviamente o “está perto” indica um estudo ainda em processo – diferentemente do que transmitiu a manchete da edição de 29 de abril de 1992: “A ciência desvenda o mistério da explosão que criou o universo”.

Acontece que o “estudo ainda em processo”, apesar de inconcluso, é apresentado, na maioria das vezes, como verdade indiscutível. Nesta edição de Veja, entretanto, interrogações, lacunas e possibilidades de erros são apresentadas claramente nas páginas da reportagem especial.

A fragilidade da teoria do Big Bang é exposta na expectativa do resultado do teste do maior acelerador de partículas do mundo, que irá reproduzir os fenômenos pós-Big Bang. Se não funcionar, a teoria pode se aposentar.

E se o experimento provar a possibilidade do Big Bang?

Resposta da página 94: “(...) os físicos poderão dormir tranqüilos. Ficarão de pé suas teorias sobre o Big Bang e como o universo nasceu e se formou do modo como conhecemos”.

E se o experimento não provar a possibilidade do Big Bang?

Resposta da página 91: “Os físicos terão de rever sua explicação para o universo como o conhecemos. (...) Teremos de encontrar outras explicações para o início de tudo”.

“Os físicos teórico voltarão para seus cálculos em busca de outra teoria”, complementa a página 94.

Apesar da possibilidade de aposentadoria por invalidez, a teoria do Big Bang continua sendo pintada na mídia com a robustez da meia-idade.

4 comentários:

Rebeca disse...

Oiii prof. é Rebeca do 3° ano CAM !
fiz um blogg e botei o link do seu como amigo .
visita lá !
beijos

Anônimo disse...

É incrivel como as pessoas não desisem de criar história absurdas e simplesmente confessar :' quem criou o mundo foi Deus'...

Raphael disse...

É claro que eles vão ter que rever seus calculos, é uma das bases da ciência teórica que as teorias sejam testadas ao limite se houver erro ela é reformulada.
Ah e o experimento que vc cita no post mas não explica ao leitor o que é foi realizado para demonstrar como eram as particulas que faziam parte do universo no big bang, não para provar se ele esta certo ou errado.

Pedras Preciosas disse...

Eu gosto muito dos seus posts. Por favor, continue escrevendo.